segunda-feira, 5 de outubro de 2009

INDIGNAÇÃO DE INTERNAUTA

Recebi um email da minha aluna Graziele Nascimento do 2º ano de economia da FECILCAM e resolvi publicar na íntegra:

Nem o ENEM escapa de fraude. Isso é um absurdo, ninguem prestava atenção nessa prova. Foi só as universidades dizerem que iam usar as notas do enem para despertar a cobiça de pessoas que só pensam em como ganhar dinheiro facil. O grande problema é que, se tem pessoas que vendem informações é porque tem pessoas que às compra. A corrupção está estampada em todos os lugares e, isso é muito triste. Nossas crianças crescem vendo isso na TV e, acostumadas, acham normal com o passar do tempo. É esso o exemplo para os jovens de hoje, "dinheiro compra tudo, até a prova do ENEM". Att. Grazi, segundo ano de Economia.

11 comentários:

  1. Michelle Patricia Mataran (2º ano de economia)5 de outubro de 2009 20:42

    Pena que essas fraudes so tenham sido descobertas agora. Lembrando que inumeras pessoas ja podem ter sido vitimas dessa fraude onde perderam suas vagas por uma passoa corrupta que por sua granda falta de carater rouba avaga em uma universidade de uma pessoa que realmente merecesse.

    ResponderExcluir
  2. Fernanda Nascimento ( 2° Economia)5 de outubro de 2009 20:45

    Realmente as fraudes nos concursos estao cada vez mais sofisticadas, tentando, sempre, burlar o sigilo e segurança para que os candidatos ligados ao esquema ilícito objetivem suas aprovações.Isso é crime, e tem que ter pena para quem deixa escapar o gabarito, pois nao ha principio penal para este crime,este email que nosso Professor Sérgio Luiz Maybuk postou é um caso muito serio de importancia para todos e deve ser analisado por Tribunal de Justiça.

    ResponderExcluir
  3. Juliano Domingues 2.º Economia6 de outubro de 2009 04:30

    há que se analisar muito bem esse vazamento da prova do Enem. Ora, com esse modelo de prova, um garoto do sertão do Pernambuco ou do interior do nosso Paraná estaria em igualdade de condições para disputar uma vaga na USP, UFPR, UEL, entre outras universidades. E sabe-se que quem tem acesso às grandes universidades são os mais ricos. Será que essa fraude foi apenas para a comercialização da prova? Será que não há um interesse em minar a credibilidade do Enem, instrumento este que pode proporcionar um equilíbrio a desigualdade social?

    ResponderExcluir
  4. Também acho um absurdo, mas não concordo muito com a opinião do Juliano, na boa, mas não acho que nem com ENEM nossos candidatos daqui possam competir na USP. E a questão não é ir contra os mais ricos, e sim que o ensino público é muito ruim. Uma amiga minha começou a dar aulas em um colégio público de periferia e quase apanhava dos alunos ao entrar na sala. Se nesse meio tem um ou dois (porque tem mesmo) que quer estudar e mudar de vida, ou ele apanha também ou é esculhambado pelos colegas. O problema é muito maior. Tem que deixar essa galerinha trabalhar sim, porque nem todos querem fazer faculdade, só estão lá pelo bolsa escola. E infelizmente os que querem são prejudicados.

    ResponderExcluir
  5. Michelle Salomão Gitahy6 de outubro de 2009 09:18

    Realmente causa indignação quanto ao caráter e os princípios do individuo que fez isso. Porem devemos agradecer pela denuncia feita, apesar da decepção o fato mostra que também há pessoas honestas.
    Pode-se considerar a perca de dinheiro que terá de ser novamente investido para a realização das provas, e que poderia ser destinado a melhorias e não em reparos de erros de terceiros.
    Todo mundo perde, e não somente quem iria fazer a prova... vale pensar também nisso!



    Michelle Salomão Gitahy

    ResponderExcluir
  6. Juliano Domingues 2.º Economia6 de outubro de 2009 13:15

    Pois bem Ana, entendo sua argumentação e reconheço e precariedade da Educação. Contudo, não estou culpando ou indo contra os ricos, o que argumentei foi que o ENEM é um minúsculo passo para proporcionar igualdade de condições para que os estudantes possam competir (competição essa proporcionada pelo capitalismo). E justamente o ENEM pode possibilitar para esses "um ou dois" que vc se refere possam acessar uma Universidade de grande porte. Eu mesmo conheço uma pessoa criada no sítio, pobre, que andava 5km a pé até o ponto de onibus e mais 10km de estrada de chão para estudar o ensino básico e obteve todas as notas no ENEM bem acima da média nacional, se fosse hj essa pessoa poderia ingressar numa universidade, sem que precisasse estudar no Anglo, Positivo ou afim. Agora repito a pergunta: Será que a fraude do ENEM foi um fato isolado ou uma ação politica que pretende tirar credibilidade dessa mínima ação de igualdade.

    ResponderExcluir
  7. fabio da silva smoliak6 de outubro de 2009 14:29

    por isso que eu digo que as pessoas envolvidas nas obras das olimpiadas deve ser bem honestas e eticas com relação ao nosso dinheiro, afinal chega de roubalheira e tentar ganhar dinheiro de graça sem ao menos se esforçar, a corrupção esta a tona na sociedade brasileira, e é dever dos cidadãos começarem a refletir e botar ordem, afinal a vida de um pais depende muito mais dos cidadãos que unidos tem mais força que o governo, que paises estrangeiros, e é atravez dos cidadãos que se escreve a verdadeira historia de um pais

    Fabio da Silva Smoliak

    ResponderExcluir
  8. ARIADNE BEILNER RODRIGUES6 de outubro de 2009 19:18

    o Enem busca auxiliar os alunos do ensino médio, porém este ano a prova quase se tornou mais uma forma de cormércio..... com isto todos nós perdemos, o dinheiro terá de ser novamente investido para a realização das provas este poderia ser destinado a beneficios a sociedade.

    ResponderExcluir
  9. Gabriel Borges Ferreira6 de outubro de 2009 19:30

    É uma pena mas essa ainda é a realidade do nosso país, das nossas cidades e por mais triste que seja é a realidade dos nossos jovens. Essas pessoas nas quais depositamos toda a nossa esperança de um futuro melhor, e que basta apenas uma chance para fraudar algo para alcançar seus objetivos que logo eles esquecem da dignidade do povo brasileiro. Isso é simplesmente uma vergonha! "
    Gabriel Borges Ferreira, aluno do Segundo ano de Economia.

    ResponderExcluir
  10. Suzane Cristina Silverio6 de outubro de 2009 20:08

    Isto mostra o que esta se tornando o Brasil de hoje, este é apenas mais um dos muitos meios de ganhar dinheiro fácil, esta questão só foi até o fim porque envolvia o dinheiro publico, e porque o gasto foi muito alto para realização dessas provas. Porque o governo não para de fecher os olhos para os problemas sociais existentes em nosso país, acredito que nesta questão o governo não fechou os olhos mais uma vez porque a pessoa que roubou a prova foi ignorante demais ao ponto de oferecer a alguem de um jornal e com isso foi a tona o roubo da prova, porque se não o governo iria fechar os olhos mais uma vez como sempre fez e continua fazendo, esta pode não ter sido a primeira mas acredito que tambem não sera a ultima vez que ocorra este tipo de fraude, não apenas com o Enem mas com muitos outros assuntos.

    ResponderExcluir
  11. É uma vergonha saber que existe pessoas assim, capazes de tudo, para tirarem proveito. Fazem tudo pelo dinheiro, que seus principios não contam mais o que importa é o dinheiro... Cristiane 2º ano de Economia.

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.