terça-feira, 15 de janeiro de 2019

BRASIL DE 1900 VOLTOU, É ASSINADO DECRETO DE FLEXIBILIZAÇÃO DAS ARMAS

Apesar de que quase 60% da população não quer a posse de armas liberada (nem todo eleitor e eleitora do Bolsonaro é favorável), o presidente insensato, com aval do Ministro da Justiça assinou hoje, o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil.
Ação da fabricante de armas Taurus opera em alta após a assinatura do decreto. 
Velho Oeste americano, ou Brasil de 1900 de volta.
Na versão atualizada:
Briga de marido e mulher Pá.
Briga de trânsito Pá Pá Pá
Briga no estádio Pá Pá Pá.
Briga no local de trabalho Pá.
Briga de vizinhos Pá.
Criancinha que encontra a arma "escondida em casa" Pá.
E por aí vai.
Presidente sorridente (nesse quesito não enganou ninguém, falou em campanha com todas as letras).
Indústria de armas com sorriso largo.
Aqueles e aquelas que receberão "mimos" da indústria de armas, com sorriso largo no rosto.
Quem gosta de ver mais sangue derramado, felizes da vida. 
Apoiadores do candidato no clero, (felizmente nem todos) Padres, Bispos (ignorando mensagem de paz do Papa Francisco) e Pastores evangélicos "autênticos cristãos", em paz com suas consciências.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

REITOR DA UFPR PREPARADO PARA OS ATAQUES CONTRA A UNIVERSIDADE

Em qualquer parte do mundo civilizado,  a Universidade Pública é considerada de importância estratégica para qualquer o desenvolvimento do país.

Aqui no Brasil, infelizmente, a universidade pública é atacada constantemente, ou como interesses claros de privatização,  por desinformação ou mesmo por idiotices tais como a tal escola de sem partido.

Somente quem desconhece o interior de universidade para imaginar que um professor, seja de qual linha ideológica siga, pode doutrinar um aluno. A universidade é plural e assim deve se manter. 

Os estudantes seguem suas linhas ideológicas considerando vários fatores,  tais como ambiente familiar, religioso, contatos diversos, e ninguém é capaz de enviar goela abaixo determinada linha e temos alunos tanto de direita quanto de esquerda. 

A entrevista com o reitor da UFPR Ricardo Marcelo Fonseca trata desse assuntos e de outros. CLIQUE AQUI para ler. 

sábado, 12 de janeiro de 2019

A HISTÓRIA ESTÁ AÍ E A LUTA CONTINUA

O cantor Roberto Carlos que não é de esquerda, fez essa linda música, pensando nos caracóis dos cabelos do grande Caetano Veloso, que estava exilado a contragosto. 
Eu na minha ignorância lá em Roncador, pensava que era uma música romântica dedicada a alguma mulher, mas depois me informei e percebi o verdadeiro sentido da letra.   
No vídeo que publico abaixo, é mostrado várias personalidades que tiveram que se ausentar do país e depois voltaram e lutaram pela redemocratização.
Por incrível que possa parecer, inclusive já atestado por grandes jornais de países desenvolvidos, coisas sinistras estão acontecendo no Brasil em 2019 e muitas conversas e teorias do período da Idade Média estão ressurgindo, tamanha a ignorância de alguns que vão comandar o país por um tempo.
A história se faz presente e a luta continua. CLIQUE AQUI para assistir

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

DESGRAÇA EM DOBRO

Quando você estava preocupado com uma desgraça, descobre que ela é dobrada.
Apesar da pesquisa datafolha identificar que quase 60% da população não quer a posse de armas liberadas (nem todo eleitor do Bolsonaro é favorável), o homem insensato com aval do Ministro da Justiça vai encaminhar o projeto e pior, liberando duas armas por cabeça.
Velho Oeste americano, ou Brasil de 1900 de volta.
Na versão atualizada:
Briga de marido e mulher Pá.
Briga de trânsito Pá Pá Pá
Briga no estádio Pá Pá Pá.
Briga no local de trabalho Pá.
Briga de vizinhos Pá.
E por aí vai.
Queria saber do fundo do meu coração se padres, bispos e pastores que REALMENTE possuem o espírito cristão concordam com essa insanidade. CLIQUE AQUI para ler.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

DEMARCAÇÃO JÁ

Vamos compartilhar o belíssimo clipe. CLIQUE AQUI.

IDAS E VINDAS DO NOVO GOVERNO

Todas as manhãs acesso alguns sites tanto de direita quanto mais voltados à esquerda. E não é preciso ler muito para perceber as diárias indas e vindas do novo governo.
 O que temos para hoje:
 1 - A desistência da tal base militar americana aqui no Brasil. Aquilo era apenas um delírio ideológico (o governo Bolsonaro é todo ideológico de direita). Pelo que li os EUA nem sabiam disso e para eles seria apenas mais custos que não interessa para o momento.
 2 - A procura novamente pelos médicos cubanos. Qualquer prefeito dos municípios do interior do Brasil sabe, que médicos nem com salários altíssimos vão para determinados municípios/comunidades e o programa mais médicos sem os cubanos não preencheu as vagas.
Amanhã, possivelmente teremos outras mudanças de ideias do governo e publicaremos aqui.
Publico também uma análise do jornalista Kennedy Alencar um dos mais ponderados e respeitados do país e ele afirma categoricamente que "despreparo e estratégia de agressão" marcam o início de governo.
Assim não tem reza e torcida que dê conta. CLIQUE AQUI para ler