quarta-feira, 6 de agosto de 2008

PROJETO DA FECILCAM CONCLUI MAIS UMA ETAPA EM BARBOSA FERRAZ

Na última semana, a Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão FECILCAM, em parceria com a empresa Digitec Organização Empresarial, entregou os certificados de conclusão de curso de “Costura Industrial em Jeans” para 106 mulheres que residem em Barbosa Ferraz e no distrito de Bourbônia.
O curso, oferecido pela Fundação do Ensino Técnico de Londrina (FUNTEL), começou em abril e faz parte do cronograma de atividades da Coopercrochê - Cooperativa de Crocheteiras e Bordadeiras do Paraná.
A Coopercrochê está inserida no Programa Universidade Sem Fronteiras da FECILCAM, proposto pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (SETI), do sub-programa ‘Incubadora dos Direitos Sociais’, sob a coordenação dos professores Adalberto Dias de Souza, João Marcos Borges Avelar e Sérgio Luiz Maybuk da Fecilcam.
Esta é mais uma ação que foi executada para mudar a realidade dos cooperados da COOPERCROCHÊ. Que é atualmente comandada com o auxilio de uma equipe técnica competente de professores, acadêmicos e profissionais recém formados.

8 comentários:

  1. Maybuc, em primeiro lugar, parabéns pelo seu blog. É um privilégio poder ler suas postagens e é um privilégio maior ainda ser seu colega. Isso me honra muito.

    Fico feliz quando vejo notícias como essa que demonstra o quanto a FECILCAM evoluiu nesses últimos anos. Fazendo uma extensão universitária significativa e com ações realmente importantas na região, a faculdade de hoje mostra a sua real capacidade de ser fomentadora de educação, pesquisa e desenvolviemnto.

    Parabéns para a FECILCAM, sua direção, gestores, professores, funcionários e, principalmente, alunos.

    Um agrande abraço.

    Pedro Paulo Rodrigues Cardoso de Melo

    ResponderExcluir
  2. Fabricio Guilherme de Sá7 de agosto de 2008 06:38

    Esse Curso de Costura Industrial em Jeans, foi essencial para as pessoas que fizeram , e também muito importante para a cidade de Barbosa Ferraz, porque pessoas estão se qualificando para o mercado de trabalho, hoje a coopercrochê, junto da Fecilcam e o projeto Universidade Sem Fronteiras estão fazendo um trabalho muito importante dentro da cidade de
    Barbosa Ferraz, são vários cursos que estão sendo desenvolvidos dentro da cooperativa e o mais importante todos são gratuitos.
    A Coopercrochê em parceria com a Fecilcam e Universidade Sem Fronteiras está ministrando um Curso de Empreendedorismo Social e Gestão de Cooperativas Populares, junto do Sebrae com as apostilas Apreender a Empreender e Juntos Somos Fortes, para 40 cooperados para que eles tenham noção de uma empresa, como funciona uma cooperativa, para que futuramente eles assumam todo o trabalho administrativo da coopercrochê.
    Depois que a Coopercrochê foi inserida no Programa Universidade Sem Fronteiras da Fecilcam, proposto pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (SETI), do sub-programa ‘Incubadora dos Direitos Sociais’,a cooperativa teve um aumento de quase 50% no quadro de cooperados, isto mostra que o trabalho está sendo muito bem desenvolvidos pelos coordenadores do projeto que são os professores Adalberto Dias de Souza, João Marcos Borges Avelar e Sérgio Luiz Maybuk da Fecilcam, alunos e recém-formados e também pela diretoria da Coopercrochê.

    E Parabéns pelo Blog Professor Maybuk

    Fabricio Guilherme de Sá
    e-mail fabricio_guilherme_@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Marcio Fernandes da Silva7 de agosto de 2008 06:53

    Olá Maybuk:

    A Cooperativa de Crocheteiras e Bordadeiras do Paraná, a Coopercrochê, vive um momento muito bom, onde coisas boas estão acontecendo com frequência. Hoje especialmente na costura industrial que se inicia a produção de um novo lote grande da empresa "Conduta" do municipio Bom Sucesso.
    Também no dia de hoje um dos representantes de produção de uma empresa famosa de jeans de Campo Mourão, a AION Jeans, me ligou mostando enteresse em nossos serviços. Além de outras empresas como a Morena Rosa de Cianorte que etiveram nos visitando recentemente.
    Fatos como estes são com certeza motivação não só para os coordenadores do projeto da FECILCAM, da Presidente e vice-presidente da Coopercrochê e dos universsitários que colaboram com o projeto e sim principalmente das cooperadas envolvidas e das que recentemente realizaram o curso de costura industrial que receberam os certificados na última sexta-feira que serão integradas assim que for ampliada com a aquisição de novas máquinas em breve.

    ResponderExcluir
  4. Olá Maybuk...
    bom como pode falar desse projeto que astá sendo realizado na cooper croche,(coopertiva de crocheteiras e bordadeiras do estado do paraná, atraves do proje do Universidades Sem Fronteiras.
    Dentro dos mais diversos cursos que a cooperativa vem oferecendo, para melhor preparar e qualificar seus cooperados, um que tem grande destaque é o de Inclussão digital, que oferece a todos os cooperados ea sociedade de Barbosa Ferraz, a oportunidade de realizar um curso de informatica, totalmente gratuito, devido a grande carencia que encontramos na sociedade.
    E assim parabenizo o projeto Universidade sem fronteiras a cooperchrochê e a FCILCAM

    ResponderExcluir
  5. Olá!! Vim parabeniza-lo pelo blog e dizer que aqui da cooperchochê ficamos todos muito felizes com as noticias sobre o sem fronteiras. Falando um pouco sobre o projeto, eu como acadêmica muito me orgulha em participar das atividades da cooperativa, aqui posso colocar em pratica tudo que aprendo na faculdade, sem contar que o contato real com os cooperados nos enche de alegria, principalmente ao vermos como as nossas ações fazem a diferença em suas vidas. É o que acontece com as pessoas que, através da coopercrochê e o auxilio do sem fronteiras e da fecilcam, demonstram ao terem a oportunidade de aprender a ler e a escrever através do curso de alfabetização de jovens e adultos que fornecemos. Sem dúvida todo o trabalho dirigido às pessoas, que muitas vezes não tem mais perspectiva de vida, nos torna pessoas melhores e mais humanas.

    ResponderExcluir
  6. Gleice Aparecida de Almeida7 de agosto de 2008 11:32

    Olá prof. Maybuk...
    Nós que fazemos parte da Coopercrochê,nos sentimos satisfeitos e realizados com o progresso constante da Cooperativa.Digo isso por mim, que cada vez mais ganho experiência, trabalhando nessa grande família que é a Coopercrochê.
    Aproveito ainda pra falar de outro curso que está dando certo e que foi muito aceito por nossa cidade (Barbosa Ferraz), é o curso de de informática (Inclusão Digital), tivemos o privilégio pela segunda vez consecutiva, dar seguimento a esse trabalho.É gratificante vermos que a união faz a força.
    Eu como acadêmica e estagiária, só posso ressaltar que me sinto satisfeita em fazer parte deste projeto, pois só me faz crescer como profissional. E se perguntarem, porque está dando certo nosso trabalho,responderemos... porque somos uma grande família de cooperados!!!

    ResponderExcluir
  7. Eliane Flores Munis da Silva14 de agosto de 2008 07:08

    Olá professor Maybuk
    Primeiramente quero parabenizá-lo por seu blog.
    E também dizer o quanto fico feliz ao ler as suas matérias, em especial as referentes à Coopercrochê, pois falando como acadêmica do Curso de Turismo e Meio Ambiente, atuante no projeto é muito gratificante perceber as mudanças causadas nessa cidade graças a coopercroche e os cursos oferecidos por ela, não somente o de costura industrial, mas cursos de informática, empreendedorismo social e gestão de cooperativas populares, e alfabetização de jovens e adultos, oferecendo aos moradores de Barbosa Ferraz uma oportunidade de qualificação profissional, inclusão digital e social e maiores perspectivas àqueles que não tiveram a oportunidade de ao menos aprender a ler e escrever. Enfim, só tenho a dizer que me orgulho muito por ser uma das estágiárias deste Projeto e poder vivenciar na prática o que aprendemos nas teorias e principalmente acompanhar o desempenho e alegria dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  8. Michelle C. Fonseca Smoliak24 de novembro de 2008 05:15

    Iniciativas como essa é que fazem da fecilcam um exemplo para todos, o incentivo a esta cooperativa e aos estudantes que deste projeto fazem parte é fantástico. Parabéns!!!!!!!!
    Michelle C. Fonseca Smoliak

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.