segunda-feira, 22 de outubro de 2012

ENTREVISTA COM A VEREADORA ELEITA PROFESSORA VILMA

PROFESSORA VILMA VEREADORA ELEITA PELO PT EM CAMPO MOURÃO -  CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR



Olá meus internautas. Publico hoje uma entrevista que fiz com a candidata a vereadora na qual votei e trabalhei. Tenho certeza que vai fazer a diferença no legislativo  municipal .
A professora Vilma foi eleita vereadora pelo PT de Campo Mourão com 1371 votos (quinta colocação). Abaixo,  publico as perguntas que enviei por email e que ela prontamente respondeu:
(Blog do Maybuk) Professora, todos os vereadores eleitos por Campo Mourão inegavelmente,  têm seus méritos e merecem os parabéns pela conquista, mas sou testemunha que sua campanha em especial tem algumas particularidades, como por exemplo, o fato de a maioria absoluta das pessoas que trabalharam fosse composta por trabalhadores e trabalhadoras que dedicaram parte do descanso de trabalho para pedir votos para você e outro fato quase inacreditável no Brasil é que sua campanha gastou aproximadamente R$ 10.000,00 e teve doações de alguns companheiros e companheiras de R$ 20,00. Qual o seu sentimento em relação ao que eu disse e qual sua avaliação geral da campanha?
Professora Vilma: O sentimento é o melhor possível, de orgulho e agradecimento a todos que contribuíram. Esse é o resultado de um trabalho organizado coletivamente por pessoas que criaram confiança nos movimentos e sentimentos umas das outras. A grande maioria há anos se mobiliza em torno de ideais comuns. Pessoas que lutam para melhorar educação, melhorar salários, saúde, serviços públicos em geral e por conseqüência, a vida. A sociedade brasileira precisa fazer um grande debate sobre financiamento público e exclusivo de campanha e lutar para que isso se concretize. Penso que se o financiamento for o mesmo para todos os candidatos, cada um terá que trabalhar e apresentar propostas e representatividade para obter êxito. Sabemos que as empresas, hoje, podem financiar um candidato com até 2% do seu faturamento anterior (Lei de 1997). Isso é muito dinheiro e não se tem controle de como isso é gasto. Li e ouvi em alguns meios de comunicação aqui em C. M. que no dia seguinte à eleição, os banners e adesivos sumiram das casas e carros como se a “obrigação” tivesse sido cumprida. Vimos na Assembleia Legislativa do Pr. na semana passada a troca de acusações entre dois deputados, em que segundo o acusador, o acusado havia se negado a assinar a CPI dos pedágios por ter recebido dinheiro da Concessionária. Em seu artigo, Ladislau Dowbor diz... “A empresa que financia um candidato – um assento de deputado federal tipicamente custa 2,5 milhões de reais – tem interesses. Estes interesses se manifestam do lado das políticas que serão aprovadas mais tarde. Do lado do candidato, apenas assentado, já lhe aparece a preocupação com a dívida de campanha que ficou pendurada, e a necessidade de pensar na reeleição. Quanto mais cara a campanha, mais o processo é dominado por grandes contribuintes, Portanto o custo de uma campanha é cada vez mais descontrolado”. Avalio também que apesar de altos valores investidos em algumas campanhas em Campo Mourão, por alguns candidatos, a população deu um RECADO nas urnas e votou por mudanças.


(Blog do Maybuk) Professora Vilma, como está o  planejamento de como vai ser o seu mandato? Já pode antecipar para os nossos internautas?
Professora Vilma: No feriado do dia 10 de outubro fizemos nossa primeira reunião de avaliação da campanha. Nos reunimos, novamente, no dia 20-10 e retiramos datas para início de um grande Planejamento e Linhas Gerais para o Mandato. No próximo sábado, dia 27 de outubro nos reuniremos às 15 horas no Paraná Palace, para ouvir os segmentos e apoiadores. Mandato sem Planejamento e organização é barco à deriva.

(Blog do Maybuk) Professora Vilma, você foi eleita na coligação que elegeu a  Prefeita de Campo Mourão Regina Dubay. Qual vai ser a sua posição no que tange às ações do executivo e especialmente aquelas que passam pelo legislativo municipal?
Professora Vilma: Primeiro é um orgulho ter a primeira Prefeita Mulher neste período de 65 anos de existência do nosso Município. Desejo que ela cumpra seu mandato com brilhantismo. Acho que a sociedade mourãoense não deve por a carga sobre ela por ser mulher e ter que fazer bem feito, mas sim pelo que se comprometeu com o nosso povo. Regina sabe que para governar com qualidade deve escolher uma boa equipe de Trabalho. Penso que participar como secretária e vice-prefeita, durante 02 gestões, devem ter dado à Regina experiência e senso crítico a respeito de erros e acertos no serviço público de nossa cidade. Durante a Campanha firmei minhas posições em relação ao desejo de transparência e a não corrupção no Poder Legislativo e Executivo. Quero dar minha contribuição em relação a questões que tocam diretamente a vida das pessoas e desejamos que a Prefeita cumpra os compromissos de campanha.   Apesar de em 2008, o PT ter tido um papel importante ao firmar posição e indicar o nome da Regina para vice do Nelson, nessa eleição, o partido não acertou cargos, disse que desejava participar do mandato. Nesse início de mandato, gostaria que a Prefeita direcionasse os recursos para as áreas que a população apresentou com mais dificuldades nesse momento como saúde, vagas em creches e outras questões mais urgentes.

(Blog do Maybuk) Professora Vilma, a participação das mulheres na política brasileira vem aumentando gradativamente e a qualidade das ações das eleitas, na grande maioria, parece que está deixando muitos homens preocupados (risos). Temos a Presidenta do Brasil Dilma Rousseff com uma altíssima popularidade; temos um dos cargos mais importantes do Governo Federal  ocupado,  para o orgulho dos paranaenses pela Senadora Gleisi Hoffmann que é Ministra Chefe da Casa Civil (o gerenciamento do governo passa por lá); temos deputadas federais e estaduais no Estado do Paraná; temos várias prefeitas e vereadoras, inclusive na nossa região da COMCAM. Qual a sua avaliação sobre a participação das mulheres na política especialmente no Brasil?
Professora Vilma: É claro que, proporcionalmente, há anos anteriores, a participação da Mulher vem aumentando e começa a ser efetiva, mas ainda acho tímida sua participação no cenário político. Aqui mesmo em Campo Mourão durante o período eleitoral ouvi muita gente dizendo que muitas mulheres “colocaram o nome” para completar a “cota das Mulheres”. A cota é de Gênero, 30%, não importam se Mulheres ou homens.
Quando me candidatei em 2008, me lembro de uma vizinha dizendo: “você vai mexer com isso agora?”, como se política fosse proibida para mulheres. Nossa cultura machista, que durante longa trajetória engessou a sociedade a pensar assim, vem aos poucos, mudando esse perfil. As lutas das Mulheres Feministas vão aos poucos mudando esse cenário, garantindo esses direitos legalmente e educando as pessoas a perceberem que “Lugar de Mulher é em todo lugar” e que política é lugar de homens e mulheres desde que compromissados com mudanças sociais necessárias
(Blog do Maybuk) Professora Vilma, você embora tenha enfrentado vários desafios na sua vida e tenha um currículo louvável pelas suas atuações em várias áreas, especialmente na educação, é “marinheira de primeira viagem” no que se refere ao poder legislativo municipal. Alguns vereadores às vezes acabam sumindo diante do “poder constituído” de outros. Como pretende romper as barreiras iniciais entre os nobres edis? Pretende candidatar-se à Presidenta da Câmara?
Professora Vilma: Sei que o Poder Legislativo também é um espaço de disputa e que os eleitos/as vêm por vontade do povo ou pelas coligações e estão aí. Os resultados demonstrados nesta eleição comprovaram que apesar de alguns candidatos usarem grande estrutura financeira não foram eleitos e outros não ficaram tão bem classificados. Isso é uma resposta na urna. Esses resultados tendem a tirar todo vereador/a eleito/a da zona de conforto e excesso de confiança. O povo exige respostas mais efetivas do Poder Legislativo para os serviços públicos e deseja transparência. Espero que os /as eleitos/as não venham movidos por atitudes pessoais, pensando tirar proveitos para si, parentes e/ou amigos. Ao/a vereador/a foi dado o poder pelo povo e a ele deve voltar através de bons projetos e atuação. Se uma grande maioria agir sem conchavos fica mais fácil legislar em causa do povo.

(Blog do Maybuk) Professa Vilma, você está filiada a um partido que alterou os rumos do país, especialmente depois da eleição de um metalúrgico para a Presidência da República que foi eleito e reeleito e saiu com a maior avaliação da história e que fez uma sucessora também está com uma avaliação extraordinária e que preocupa a oposição. Esse sucesso causou um ódio fenomenal da grande elite, especialmente da grande imprensa que bate nele dia a dia, esconde as coisas boas e só mostra as ruins. Por outro lado, esse mesmo partido que se dizia meio imaculado está enfrentando um julgamento no STF de uma coisa que apelidaram de   mensalão. O que você sobre a história e os rumos do PT? Está preparada para este embate agora que é uma representante eleita do Partido?
Professora Vilma: A partir de sua fundação, o Partido dos Trabalhadores (PT) imprimiu ao Brasil uma agenda de movimentos e mobilizações constantes na luta por justiça social e pelos direitos dos trabalhadores. A partir da 1ª vitória de Lula à presidência da república e ao transformar a vida da população brasileira, o PT vem incomodando setores reacionários incrustados em parcelas dos meios de comunicação, do sistema de justiça e das forças políticas que nunca aceitaram a vitória do povo mais pobre do Brasil.
O PT não tem nem mais, nem menos problemas que os demais partidos, mas por seu enfrentamento ao grande capital, sofreu e sofre ataques da grande mídia. Muitos jovens cresceram ouvindo e vendo a criminalização do PT. Muitos não admitem ligar a imagem de excelente governante da Dilma ao Partido ao qual ela pertence. É evidente que a Mídia transformou o exercício da justiça em espetáculo ao julgar o tal mensalão (antigo caixa 2) executado nas Campanhas dos que governaram o Brasil até a chegada do Governo Popular de Lula e depois de Dilma. Espero que o Judiciário combata e julgue com o mesmo rigor a corrupção praticada por todos os políticos.. Apesar da satanização, da ira de alguns contra o PT e do não reconhecimento das políticas na construção de um projeto político que libertou o Brasil da desigualdade e da injustiça, o PT foi o Partido que mais cresceu nessas eleições de 2012 em todo o Brasil e vem cumprindo sua função. O mais lindo nessa campanha, em Campo Mourão foi ver as pessoas cheias de orgulho, de cabeça erguida, sorriso no rosto, a me mostrar suas conquistas: a reforma da casa, a troca dos eletrônicos da linha branca, a construção de mais um cômodo na casa e outras melhorias. A mudança na vida das pessoas é concreta e isso irrita a oposição. O julgamento do mensalão é um capítulo ao qual tentam se agarrar para destruir a representatividade e interesses legítimos do povo.


(Blog do Maybuk) Professora Vilma, qual o seu recado para os internautas do Blog do Maybuk?
Professora Vilma: A função social do vereador/a é legislar, fiscalizar, vigiar, acompanhar a aplicação dos recursos, nos serviços e bens públicos em favor da população. Afastem de si frases que ouvi durante a campanha, que político é “tudo vagabundo, tudo igual”, só servem para fazer “manobras” contra o povo. Juntem-se àqueles/as que se elegeram para fazer política diferente, sem interesse pessoal. Fortaleçam as práticas sérias dos vereadores/as em favor da população. Ajudem a combater a corrupção. Quero pedir à população que acompanhe as ações desta Legislatura que foi renovada em sua grande maioria. Quero pedir, também, que se aproximem do meu mandato para cobrar, sugerir e fazer as críticas necessárias para seu bom desempenho. Minha candidatura que foi vitoriosa porque teve papel educador, por contar com a participação popular, pretende também construir um mandato participativo, educador e servir de pilar para organizar grupos a se posicionarem diante de falcatruas e corrupções. Pretendo criar um Blog onde as pessoas possam acompanhar a rotina da Câmara, trazendo transparência e dando ao povo as informações que precisarem.

3 comentários:

  1. muito boa a entrevista professor! compartilhei com minha esposa a qual votou na professora, esperamos que ela tenha muito sucesso como vereadora de campo mourão e que possa fiscalizar mesmo , acompanhar, vigiar os recursos públicos como ela mesmo citou.
    ronaldo koziel
    academico de economia 2 ano

    ResponderExcluir
  2. ótima entrevista, votei na Vilma que foi minha professora e fiquei muito feliz ao saber que ela havia sido eleita. Ela é uma mulher de caráter e que vai nos representar muito bem, pois é uma mulher de pulso firme e batalhadora.
    Adriana Lisboa Piva
    2 ano de economia

    ResponderExcluir
  3. Gedilaine 2º ano Econ.2 de novembro de 2012 17:30

    Excelente entrevista professor! Conheci a professora Vilma no teatro “O caixeiro da Taverna” que teve dia 12/09 na Fecilcam. Ela é uma pessoa extremamente simples e admirável; tenho certeza que ela fará um ótimo trabalho no Legislativo de Campo Mourão. Gostei muito de todas as respostas dela nessa entrevista. Gostaria de destacar o o que ela disse na 1ª pergunta sobre o financiamento público das campanhas, concordo plenamente que se todos os candidatos tivessem os mesmos recursos a população teria mais chances de ver realmente aqueles que tem objetivo de cumprir com suas funções, pois, apesar de ter melhorado muito nas últimas eleições, ainda vemos vários se elegendo por investir muito dinheiro em suas campanhas. Adorei a ideia do Blog para a população acompanhar o que acontecerá na Câmara, pois muitos gostariam de participar das reuniões para ficarem por dentro mais não tem possibilidades e através do blog a população ficará por dentro do que estará acontecendo para saber quem é que está fazendo um bom trabalho e honrando os votos que obteve. Quero destacar ainda que parabenizei a profª Vilma na sua pág. no Facebook e que uma (ou duas) semanas depois da eleição ela passou em frente ao meu serviço e chegou lá me dar um abraço! Adorei e fiquei muito honrada. Como eu disse no início, ela é uma pessoa simples e simplicidade é o que mais admiro nas pessoas... "Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza." [Rabindranath Tagore]

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.