sexta-feira, 4 de maio de 2012

CURSAR ECONOMIA, EXCELENTE OPÇÃO

Por sugestão do colega de departamento, professor doutor João Carlos Leonello, publico uma reportagem muito interessante sobre o profissional economista na atualidade. CLIQUE AQUI para assistir.

9 comentários:

  1. DIANE DELBONI RODRIGUES6 de maio de 2012 15:29

    Materia interessante pois demostra como o economista é essencial para as demais profissões.Por não ser um curso muito concorrido ela ainda deixa muitas duvidas como é o mercado de trabalho porém cada dia mais a profissão vem ganhando destaque.O economista deve ter uma visão do futuro, pois muitas atitudes que uma empresa deve ter, são planejadas principalmente por esse profissional.Por se tratar de um ramo com pouca divulgação e poucas instituições que oferece o curso de ciências econônicas ,esse ramo ainda é escasso de profisonais talvez até por falta de informações sobre o mercado de trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Nesta matéria vimos como será o futuro.Economista é a profissão do futuro , tudo que vamos fazer no dia - dia tem um pouco de economia, muitas pessoas acham que “economia” é umas das piores cursos ,mas o curso que abrange , varias áreas , também muito bem remunerado. Os maiores lideres do Brasil são formados em economia.
    Economia a melhor graduação ,e por isso faço parte desta História.

    ResponderExcluir
  3. Uma matéria ótima e esclarecedora a respeito do economista/ da ciência econômica. De essencial importância para o mercado de trabalho em geral, embora às vezes um pouco “desconhecido”, o economista é a chave motriz da sociedade, a alavanca para todas as demais profissões. Este profissional deve ter uma visão muito ampla de toda uma economia (de todo um país), de todos os agregados econômicos, de todo um mercado; deve ser bom com números, ter uma boa capacidade analítica, e poder de decisão, uma vez que as decisões tomadas por este profissional, implica resultados à longo prazo. Deve também ser um profissional dinâmico e atento, saber alocar da melhor maneira possível os recursos que são escassos, frente às necessidades que são múltiplas e ilimitadas. Entretanto, fica explícito na reportagem, a baixa procura por esse curso, se comparado com os demais, e a isto se atribui entre outras causas, a falta de informação e um mercado às vezes não tão generoso à princípio. Também devido a falta de informação, muitos tem uma visão errônea a respeito deste profissional. Muitas pessoas, agregam ao estudo da ciência econômica, apenas cálculos matemáticos e talvez um pouco de história. Porem, esta ciência social aplicada possui em sua grade curricular, uma diversidade imensa de conhecimentos, relacionadas a todas as áreas, exigindo muito do acadêmico deste curso, tornando o curso bem complexo e difícil, mas permitindo a este, fazer uma análise geral e global da situação, e explicar fenômenos econômicos usando ferramentas da ciência econômica de acordo com cada corrente de pensamento. Assim, por toda esta generalização, torna-se a profissão do futuro, sendo a economia uma das áreas que mais cresce no mundo, possibilitando a gestão de profissionais em entidades públicas, empresas privadas, cooperativas, consultoria, enfim.

    Bruna Letícia Avanzi- 2º ano Economia

    ResponderExcluir
  4. infelizmente o curso de Economia é pouco valorizado por falta de conhecimento das pessoas. Já chegaram a me perguntar se eu fazia curso de economia para aprender a economizar...bom um pouco é isso, mais este curso abrange muitas áreas do conhecimento. O mercado de trabalho é muito amplo, existem varias opções em diferentes áreas. A economia esta no cotidiano das pessoas até nas tarefas mais simples, o que realmente falta para o curso ter mais interesse das pessoas é a divulgação e a informação.
    Adriana Lisboa Piva - 2º ano Economia

    ResponderExcluir
  5. MAIRA RIBEIRO B. 2º A DE ECONOMIA 10-05-2012

    Na atualidade, surgem muitas perguntas sobre porque e para que estudar Economia. Na verdade, fica embaraçosa a preocupação com esta ciência se os resultados esperados, sempre surgem mais confusos do que à situação anterior, onde se constituía o problema econômico e social.

    Teoricamente, estuda-se Economia, devido a escassez de alguns fatores de produção, ou a abundância de alguns outros, ou até mesmo de ambos. Este estudo é por causa das desigualdades de renda existentes na face da terra, pois, observa-se que poucos possuem em abundância determinada riqueza, enquanto a maioria passa fome, vive em estado de miséria, e até mesmo, apenas sobrevive em uma geração.

    Estuda-se economia, tendo em vista que os estágios de desenvolvimento de todos os países do mundo serem distintos, uns dos outros e, com alto poder de concentração em uns poucos, enquanto que a maioria permanece num estágio de pobreza absoluta, sem alguma condição de reversão do quadro em que se encontra alguma Nação, ou Região.

    ResponderExcluir
  6. JAQUELINE ANANIAS 2° DE ECONOMIA - FECILCAM
    A Economia ajuda-nos perceber as decisões dos indivíduos, das famílias, das empresas e dos governos, com base no
    estudo das necessidades e do comportamento humanos, dos conhecimentos e das crenças dos indivíduos e dos grupos,
    da estrutura das sociedades e da disponibilidade de recursos.
    O estudo da Economia contribui para conhecermos melhor o mundo à nossa volta e a nós próprios, ajudando-nos,
    enquanto indivíduos, a tomar melhores decisões.

    ResponderExcluir
  7. A Economia ajuda-nos perceber as decisões dos indivíduos, das famílias, das empresas e dos governos, com base no
    estudo das necessidades e do comportamento humanos, dos conhecimentos e das crenças dos indivíduos e dos grupos,
    da estrutura das sociedades e da disponibilidade de recursos.
    O estudo da Economia contribui para conhecermos melhor o mundo à nossa volta e a nós próprios, ajudando-nos,
    enquanto indivíduos, a tomar melhores decisões. Fornece os instrumentos necessários para avaliar de forma rigorosa a eficiência e a eficácia das
    atividades de empresas e governos.

    ResponderExcluir
  8. Curso muito bom, porem difícil, nas universidades hoje é pouco procurado, não sei ao certo se é pela dificuldade do curso, ou mesmo pela falta de informação dos estudantes sobre a profissão.
    Se pararmos para analisarmos tudo tem um pouco de economia, nosso salário se gastarmos tudo não teremos com o que comprar algo simples, como um lanche, se não economizarmos.
    Hoje no mercado um economista é essencial tanto para pequenas, médias ou grandes empresas pois cuida das previsões econômicas para empresas, participa da elaboração de planejamentos, cuida dos cálculos econômicos, planeja aplicações financeiras e elabora perspectivas macro e micro-econômicas, entre outras coisas.
    Se uma empresa pede acessoria a um economista, pela a analise de mercado de um economista tem como saber se esta empresa ficara no mercado, ou terá que logo fechar as portas.
    Tem também a variedades de ramos no mercado de trabalho como Instituições financeiras (bancos, financiadoras, corretoras de valores), empresas públicas e privadas, órgãos do governo.
    Particularmente gosto do curso mesmo ele sendo difícil, pois você tem que estar sempre antenado às mudanças no mundo, tanto financeiras como politicas.

    Franciele Vidal
    Curso de Economia 2º Ano

    ResponderExcluir
  9. O curso de economia é um curso pouco procurado nas universidades e também pouco concorrido,não sei se é porque o curso tem um alto grau de dificuldade pois precisa estar atento ao mercado, ou se é por falta de informação das pessoas.
    Uma empresa hoje que procura o serviços de economistas tem como prever se sua empresa dará certo no mercado ou não, pois os estudos de mercado dos economistas tem como fazer previsões econômicas para empresas, participa da elaboração de planejamentos, cuida dos cálculos econômicos (custos, rentabilidade, consumo, gastos, etc), planeja aplicações financeiras e elabora perspectivas macro e micro-econômicas.
    Sem contar também a abrangência no mercado de trabalho que podem ser tantos nas Instituições financeiras (bancos, financiadoras, corretoras de valores), empresas públicas e privadas, órgãos do governo, faculdades, etc.
    O curso exige muita leitura e concentração, tanto tem calculo como história.
    Particularmente é um curso que gosto pois tento ficar ao máximo por dentro de tudo que acontece tanto em economia e politica dentro e fora do país.

    Franciele Vidal
    Ciencias Economicas 2º Ano

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.