terça-feira, 6 de setembro de 2011

MUNICÍPIOS DA COMCAM PERDEM POPULAÇÃO

É preciso que se façam projetos econômicos regionais urgentemente, capitaneados pela COMCAM. Não é possível tantos municípios perderem população ano a ano. No último levantamento, de acordo com o IBGE e publicado no site bocasanta, os três municípios que mais perderam população foram: Altamira do Paraná (- 207), Nova Cantu (- 191) e Roncador (- 161).

O NOVO RANKING POPULACIONAL
1- Campo Mourão – 87.770 (+586)
2- Goioerê – 28.962 (-56)
3- Ubiratã – 21.479 (-79)
4- Terra Boa – 15.863 (+87)
5- Campina da Lagoa – 15.269 (-125)
6- Engenheiro Beltrão – 13.892 (-14)
7- Mamborê – 13.869 (-92)
8- Peabiru – 13.635 (+11)
9- Araruna – 13.445 (+26)
10- Moreira Sales – 12.545 (-51)
11- Barbosa Ferraz – 12.544 (-112)
12- Roncador – 11.376 (-161)
13- Iretama – 10.567 (-55)
14- Juranda – 7.603 (-38)
15- Luiziana – 7.298 (-17)
16- Nova Cantu – 7.234 (-191)
17- Janiópolis – 6.413 (-119)
18- Quinta do Sol – 5.036 (-52)
19- Quarto Centenário – 4.819 (-37)
20- Fênix – 4.791 (-11)
21- Boa Esperança – 4.522 (-46)
22- Altamira do Paraná – 4.099 (-207)
23- Corumbataí do Sul – 3.930 (-72)
24- Farol – 3.434 (-38)
25- Rancho Alegre do Oeste – 2.826 (-21)
Fonte: IBGE – Estimativa 2011

2 comentários:

  1. Como moradora de Janiópolis posso observar essa perda de população e fico preocupada, pois noto que um dos motivos da perca de população esta em razão da falta de trabalho, as pessoas acabam indo embora em busca de melhores oportunidades.
    É necessário que sejam feitos projetos econômicos para estancar a perda populacional, caso contrário essas cidades pequenas, como Janiópolis, correm o risco de se tornarem cidades onde a maior parte da população serão idosos e a economia da cidade ficará num círculo vicioso, pois sem existir trabalho a força produtiva vai embora, e com a diminuição da força produtiva o giro financeiro será menor.

    ResponderExcluir
  2. Yume Apº Pereira Paiva, 2º B Economia16 de setembro de 2011 13:55

    Realmente, a população vem sofrendo um decrescimo nos ultimos anos, decrescimo o qual causa grandes impactos para o desenvolvimento regional, sendo que estes impactos podem ser identificados apos uma analise tanto do conceito quanto dos movimentos de migração dentro da região. Tendo observado este fato já a algum tempo, eu orientada pelo Prof. Leonello estou desenvolvendo um projeto de "Analise do crescimento/decrescimo populacional dos municipios da Mesorregião Centro Ocidental paranaense e seus impactos sobre o desenvolvimento regional". A principio estarei apresentando em painel no EPCT 2011. Analisaremos atraves de indicadores economicos e sociais, o que ocorre e as caracteristicas deste movimento migratorio,interpretando o desenvolvimento regional.

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.