sexta-feira, 20 de setembro de 2013

DESENHOS DAS CRIANÇAS INDICAM ABUSOS SEXUAIS

Chega a dar nojo uma situação destas, mas vale a pena divulgar porque acontece com muita frequência em qualquer classe social. CLIQUE AQUI para ver.

3 comentários:

  1. Professor, é triste dizer mas esses abusos vem acontecendo com certa frequência e pior ainda por membros da própria família. Temos alguns casos aqui na região da Comcam onde crianças foram abusadas sexualmente por pais, tios e pior com conhecimento da mãe. É o fim do mundo mesmo, se não podemos confiar nem mesmo nas próprias pessoas que convivemos vamos confiar em quem.
    Leandro Rodrigues de Oliveira "2º ano de Economia".

    ResponderExcluir
  2. Como é triste professor saber que até hoje temos muitos casos de abuso sexual neste caso de menores.Mesmo com tanta tecnologia, informação estamos deixando de lado o que é mais precioso, que é a vida de uma pessoa.Imagina uma criança sendo violentada pelo seu próprio pai, irmão, pessoas próximas ou até mesmo pessoas desconhecidas, o trauma que essa criança vai levar para o resto da vida, muitas são obrigadas a se sujeitar a esse abuso sendo ameaça de apanhar ou até mesmo de morte, e quando crescem e descobrem o que está realmente acontecendo acabam se revoltando e muitos acabam contando para seus familiares o que muitas vezes acaba sendo pior, pois ainda temos pessoas que acham que as crianças que procuraram, por isso foram abusadas e acabam sendo expulsas de casa. É um absurdo o que acontece, pensar que a qualquer momento um filho, irmão, amigo ou qualquer outra pessoa pode ser violentada sem ter nenhuma culpa... É lamentável.
    Greicy Maria Milane Fim 2º Ano de Economia

    ResponderExcluir
  3. Andressa Caroline de Almeida11 de outubro de 2013 17:40

    Uma triste realidade que vem acontecendo com freqüência e o pior de tudo é que muito dos casos de abuso sexual infantil acontece dentro de casa, no próprio ambiente familiar. É de despertar revolta em qualquer um, ouvir um noticiário relatando crianças que foram abusadas pelo próprio pai, corrigindo, por um “monstro”. Difícil imaginar um adulto tendo prazer sexual com uma criança, ainda mais quando se trata de entes familiares, mas a realidade que nos cerca cada vez mais está mostrando como isso é real, doloroso e deixa marcas severas na vida dos envolvidos.
    Andressa Caroline de Almeida
    2° Ano – Ciências Econômicas

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.