terça-feira, 5 de julho de 2011

SALÁRIO MÍNIMO REAL CRESCE MAIS DE 50% EM 8 ANOS

Uma explicação para grande parte do aumento do consumo e crescimento da economia brasileira, pode estar relacionada com o crescimento do aumento real do salário mínimo e outros programas sociais. CLIQUE AQUI para ler matéria.

13 comentários:

  1. Adriano Benini 2A de economia8 de julho de 2011 15:25

    Se o salário aumenta a tendência é de que as pessoas vão consumir mais e com isso aumenta também a economia do país, isso se deve ao trabalho do ex-presidente Lula que conseguiu diminuir a pobreza e parece que a presidenta Dilma deve seguir a mesma forma de governar de Lula.

    ResponderExcluir
  2. Crislãine da Silva Oliveira 2°A de Economia11 de julho de 2011 08:48

    Com o aumento do sálario mínimo mais de 20 milhões de pessoas foram retiradas da pobreza em função das transferências previdenciárias, particularmente no âmbito do setor rural.De fato, a previdência no Brasil cumpriu papel relevante não apenas na redução da pobreza entre idosos quanto na redistribuição de renda em favor destes últimos e na redução das desigualdades regionais.

    ResponderExcluir
  3. Fernanda Alves de Souza 2º B Economia11 de julho de 2011 11:55

    As politicas adotadas pelo governo,conseguiram proporcionar a valorização do salário mínimo, que gerou um aumento de riquezas e manteve nossa economia crescendo com vigor. O salário minimo tem um impacto direto na vida das pessoas, e tendo um melhor salário as pessoas conseguem melhorar seu padrão de vida, passam a ter um poder aquisitivo maior, esse fluxo de renda estimulou também a geração de empregos e reduziu com certeza principalmente a desigualdade social.

    ResponderExcluir
  4. Kelli Patrícia Pereira 2°B Economia11 de julho de 2011 15:54

    O reajuste do salario minimo trouxe benefícios para a sociedade como um todo, pois o aumento na renda que para muitos parece pouco, na realidade é o que consegue manter uma família, onde traz a dignidade e a recompensa pelo trabalho duro, colaborando para que todos consigam dar um passo a mais para uma vida melhor.

    ResponderExcluir
  5. Mirian Tomiato Pereira 2º Economia11 de julho de 2011 16:09

    O crescimento do salário mínimo é ótimo pra o brasileiro pois aumenta seu poder aquisitivo, e também é uma fonte de distribuição de renda, sua presença em lares mais pobres protege o trabalhador brasileiro e é uma forma de ter seu trabalho valorizado.Porem mesmo com esse crescimento ainda se tem muito caminha para andar, e o brasileiro merece um salario melhor para a diminuição das desigualdades sociais, obstáculos para o crescimento do salário mínimo devem ser superados para as famílias terem condições básicas de sobrevivência.

    ResponderExcluir
  6. Antonio Oliveira Bueno 2° B11 de julho de 2011 18:00

    O salário minimo tem um crescimento de 50% nos ultimos 8 anos, mas quanto que tivemos de inflação nesse periodo? Os que recebe o minimo que o digam, no mercado de alimentos, vestuario e outros tantos,se tiveram a metade desse crescimento,coitado dos assalariado com o minimo para sobreviver o minimo possivel.

    ResponderExcluir
  7. Elaine Cristina da Silva 2°B Economia11 de julho de 2011 20:01

    O aumento do salário mínimo possibilita uma elevação da capacidade de consumo das famílias de baixa renda, conseqüentemente a economia cresce, bem como a distribuição de renda. Diante de tanta desigualdade social existente em nosso país um aumento mesmo que pequeno é de estrema importância, pois possibilita uma melhor qualidade de vida ao cidadão bem como uma dignidade maior pelo trabalho desenvolvido... Um salário maior não traz benefícios somente ao trabalhador, mas a economia como um todo, pois diante de um poder aquisitivo maior o cidadão passa a gastar mais, possibilitando um maior desenvolvimento do comercio e da economia do país.

    ResponderExcluir
  8. Eliel F. Da Silva 2ºb economia UEPR12 de julho de 2011 08:13

    Ola professor !! No que dis respeito a matéria citada, o aumento do salario minimo, ele tem sido de grande valia para todos os brasileiros, e com uma politica de redistribuição de renda o governo anterior e o atual tem valorizado muita essa questão, esclarecendo que a sua intenção é de uma nação menos desigual. Com esse aumento da renda o poder de compra das famílias aumentou significativamente, fator importante que nos possibilitou passar por crises financeiras internacionais sem sermos muito atingidos.
    Mas ao analisar melhor, veremos que esse aumento do poder de compra nacional, já estava levando o Brasil a uma inflação o que obrigou o governo a reter o credito; e parar de injetar divisas na economia.

    ResponderExcluir
  9. Samoel dos Santos 2º B de Economia12 de julho de 2011 10:02

    Realmente, como so pode ver pelas matérias publicadas, houve uma grande melhora na renda das pessoas, devido á ações tomadas pelo governo, ou até mesmo pela logistica do mercado, pela escassez de mão de obra qualificada.

    Com esse aumento temos diversos benefícios como aumento do consumo, e um aumento na qualidade de vida das pessoas, certo que a gestão de governo têm todo crédito pois trabalha em função do social. mas esse aumento repentino no poder de compra pode levar á serios problemas, aos quais já estão sendo tomadas providências para regularizar a situação.

    Agradeço pela oportunidade de expressão.

    ResponderExcluir
  10. JAIRO RODRIGO GONÇALVES PEREIRA 2º B ECONOMIA

    Dentre inúmeras situações em que o aumento da renda salarial proporciona a economia, esta entre elas o aumento no poder de compra dos indivíduos o aquecimento da economia que é interessante lembrar que o país cada vez mais esta sabendo como fazer a distribuição da renda ,seja através de programas assistenciais e medidas tomadas pos representantes governamentais que adotam posturas que visa atender a classe trabalhadora como as demais também.

    ResponderExcluir
  11. JAIRO RODRIGO GONÇALVES PEREIRA 2º B ECONOMIA12 de julho de 2011 16:37

    Dentre inúmeras situações em que o reajuste salarial proporciona a economia de um país é interessante destacar que o aumento de consumo fica explicito gerando um aquecimento na economia de forma proporcional.Nos últimos anos o governo tem adotado uma postura de distribuição da renda no pais de forma bastante evidente que conseguimos visualizar através dos programas assistenciais e incentivos a investimentos e credito .

    ResponderExcluir
  12. Willian F. Bastos 2° A economia14 de julho de 2011 19:24

    Governo federal concedeu aumento do salário mínimo com base na estimativa da inflação que prevê correção pela inflação do ano anterior. Com o salário mínimo no valor de R$ 545,00 aponta o melhor resultado desde o início do Plano Real segundo Dieese. É fato que o salário mínimo esta melhorando com o passar do tempo e pessoas estão saindo da miséria sem contar que com o orçamento melhor a tendência é que as pessoas consumam mais aquecendo a economia do país e gerando mais empregos.

    ResponderExcluir
  13. Rubens - Formado em Economia em 200918 de julho de 2011 16:22

    O Senador Itamar Franco:
    O senador relembrou o ex-presidente João Figueiredo para criticar o mínimo de R$ 545,00.
    ‘Uma vez perguntaram para um presidente o que faria com um salário mínimo, sabe o que respondeu?’, questionou a Jucá. O peemedebista respondeu: ‘que daria um tiro na cabeça’.
    Isso é o que faria a maioria dos políticos, pois, viver com essa miséria, só se for político, pois, roubando se consegue sobreviver com essa pouca vergonha.
    Abraços

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.