domingo, 21 de março de 2010

1,8 MILHÃO DE NOVOS CONSUMIDORES NA GRANDE SÃO PAULO

De acordo com estudo do Centro de Políticas Sociais da FGV, o desenvolvimento da economia brasileira, a criação de empregos formais e as tranferências pelo Bolsa Família contribuiram para a geração de mais 1,8 milhões de consumidores na grande São Paulo. CLIQUE AQUI para ler matéria.

4 comentários:

  1. É, O PROGRAMA É ISTO E MUITO MAIS "ELES" QUERENDO OU NÃO,VEJA SÓ A ENCHORRADA DE NOTICIAS.
    Brasil pode erradicar a pobreza extrema até 2016
    Monitoramento da frequência escolar bate recorde
    Números mostram que Bolsa Família não gera acomodação para o trabalho
    Inclusão bancária: meta é atingir 4 milhões de beneficiários
    Artigo: Políticas sociais ajudam na inclusão econômica
    População aprova combate à fome
    Todos os moradores de rua devem receber o Bolsa Família”, afirma o ministro Patrus Ananias
    Estudo aponta forte redução da desnutrição infantil
    TUDO ISTO DISPONIVEL EM: http://www.mds.gov.br/bolsafamilia/
    LÚCIO ROMÃO.

    ResponderExcluir
  2. É, O PROGRAMA é isto e muito mais,noticia boa a respeito deste não falta:
    Brasil pode erradicar a pobreza extrema até 2016
    Monitoramento da frequência escolar bate recorde
    Números mostram que Bolsa Família não gera acomodação para o trabalho
    Inclusão bancária: meta é atingir 4 milhões de beneficiários
    Artigo: Políticas sociais ajudam na inclusão econômica
    População aprova combate à fome
    Todos os moradores de rua devem receber o Bolsa Família”, afirma o ministro Patrus Ananias
    Estudo aponta forte redução da desnutrição infantil
    etc,etc...tudo isto disponivel em: http://www.mds.gov.br/bolsafamilia/

    ResponderExcluir
  3. Patricia Candido de Oliveira/4° ano economia26 de março de 2010 13:13

    COM A AJUDA DOS PROGRAMAS SOCIAIS E EMPREGOS AS PESSOAS DE BAIXA RENDA PODEM SE DAR AO PRAZER DE TEREM ALGUM CONFORTO OU ATÉ COMPRAR PRODUTOS QUE ANTES PODERIAMOS CONSIDERAR ARTIGO DE LUXO MEHORANDO O SEU BEM ESTAR,SUA QUALIDADE DE VIDA E A AUTO- ESTIMA. É CLARO QUE MUITO PODE SER FEITO E MELHORADO MAIS ISSO JÁ PODEMOS CONSIDERAR COMO UM BOM COMEÇO

    ResponderExcluir
  4. Francieli Aparecida Oliveira27 de abril de 2010 04:27

    O aumento das classe C e D são resultados de uma otima gestão, que proporcionol para a população de baixa renda oferta de credito, programas como bolsa familia, gerando uma melhoria na renda da população. Pessoas que antes tinham grandes restriçõeo orçamentarias hoje podem escolher o bem que deseja consumir.
    Sem duvida nenhuma que o aumento das classes C e D aqueceram a economia do nosso país, há dinheiro circulando nas mãos da população, há consumo, ou seja as pessoas passaram a ter qualidade de vida.
    Francilei Aparecida
    2° Ciências Economicas

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.