quarta-feira, 30 de setembro de 2009

INTERNET PARA A CAMADA MAIS POBRE DA POPULAÇÃO

O governo LULA por meio dos programas sociais conseguiu diminuir um pouco a desigualdade social no país, agora vai investir na popularização da internet entre as pessoas mais humildes.CLIQUE AQUI para ler matéria.

6 comentários:

  1. Regina Berbet Proença 2°ano Economia4 de outubro de 2009 10:24

    Muito interessante está matéria,pois mostra que as pessoas de baixa renda também vão ter acesso à inclusão digital que nos dias de hoje é de suma importância.Com o acesso à Internet todos vão poder adquirir novos conhecimentos,podendo assim melhorar suas condições de vida.O Presidente Lula está de parabéns.

    ResponderExcluir
  2. elton 2 ano de economia4 de outubro de 2009 21:00

    A popularização da internet entre as pessoas mais humildes dará a chance para muitos destes o acesso ao conhecimento, diminuindo assim a desigualdade social, além da possibilidades de melhores condições de vida.

    ResponderExcluir
  3. Patricia Belline 2º ano de Ciências Econômicas

    Fico feliz de receber noticias como essas,pois a internet que a muito pouco tempo atras era exclusividade da minoria da populaçâo brasileira,e hoje graças a uma atitude do goferno federal,a grande maioria da populaçao tera acesso a internet banda larga,ajudando a diminuir as desigualdades socias existentes em nosso país.

    ResponderExcluir
  4. elisabeth benatti 2º economia6 de outubro de 2009 07:20

    São informações como essa que nos faz se sentir ainda mais felizes de ser brasileiros, o fato de sairmos na frente de muitos países e contruir a maior rede de banda larga e ainda mais sem ter que pagar para outras empresas, é um fato a ser comemorado, pois dar acesso a internet de qualidade as toda a podulação só contribuirá para que a qualidade de vida e o acesso a informações seja cada ver maior em nosso país.

    ResponderExcluir
  5. Francielle - 2º ano Economia

    A difusão do conhecimento sempre é válida, principalmente através do maior meio integrado de comunicação de hoje, que é a internet.
    Precisamos de grandes iniciativas para desatrelar as massas da informação formatada, e direta que se apresenta nos meios de comunicação, mas além disso é preciso quebrar paradigmas que fazem com que essas pessoas se rendam as imposições que são feitas pelos mesmos. Para isso é preciso torná-las críticas, que não se aconomodem com as injustiças, bem como sejam capazes de questionar e transformar o seu meio.

    ResponderExcluir
  6. Jucéli Marcheski 2º Economia6 de outubro de 2009 11:59

    O programa irá, com certeza, diminuir a desigualdade social, disponibilizando o acesso as informações e conhecimentos à sociedade mais humilde, melhorando tambem a qualidade de ensino de estudantes dessa classe, facilitando as formas de pesquisa.

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.