quinta-feira, 2 de julho de 2009

RECOMENDO ESTA MATÉRIA

Recomendo esta matéria. Ela é pequena mas a criatividade é grande. CLIQUE AQUI para ver.

9 comentários:

  1. Thiago M. Covalski 2° e 4° ano3 de julho de 2009 05:05

    Ficou muito boa a montagem da Mirian e do Serra, inclusive a Mirian ta mais bonita do que ao vivo.
    Quem ver essa reportagem seria interessante dar uma olhada nos comentários postados, principalmente do Elival onde ele posta outra matéria sobre o Brasil aos olhos do mundo.
    Já a respeito desse assunto eu em minha opinião, vejo o Brasil bem colocado no cenário internacional, superando as expectativas do começo do ano em que a maioria, “principalmente eu”, acreditavam numa grande recessão nacional, que graças a Deus não veio. Sabemos que houve muitas indústrias fechando com demissões em massa, mais podemos dizer que o Brasil não iria sair ileso também dessa crise mundial.
    Além do IPI, eu espero que o governo pense também na redução de outros impostos, pois se não fosse essa redução talvez montadoras e revendas de carros estariam fechadas e o problema seria bem maior, ou seja, menos impostos, mais consumo e o governo ganha do mesmo jeito, e talvez com uma redução de certos “privilégios” de certos “parlamentares”, o país conseguiria manter sem problemas os cofres públicos.

    ResponderExcluir
  2. Nelson Ferreira Lima 2 ano de Economia Politica3 de julho de 2009 07:43

    Parabéns para o Brasil por ter este mérito de 3 lugar no ranking mundial e vendas de automoveis.
    Mas o que tem que melhorar é a capacidade de produçao das montadoras, pois, o consumidor faz o pedido de um carro zero e tem que esperar em torno de 3 meses para receber.
    Acho que antes de ter reduzido o IPI o governo tinha que ter solicitado as montadoras a ampliaçao de sua capacidade de produçao. O Brasil nao estava preparado para essa demanda e quem fica na pior é o consumidor.

    ResponderExcluir
  3. Larissa Amorim, 4ºano5 de julho de 2009 20:10

    Muito interessante a montagem mesmo...
    Em relação à matéria é muito bom ver o Brasil se destacando no cenário internacional, com uma ótima colocação frente às vendas de automóveis, isso mostra que a crise que tanto é comentada não tem afetando tanto os brasileiros como pensávamos no começo do semestre. Esse aquecimento nas vendas deve-se principalmente a redução do IPI, porém quem teve mais benéfico foi quem possui renda mais elevada. O governo poderia procurar reduzir mais alguns impostos que incidem diretamente sobre o consumo para que a população como um todo pudesse se beneficiar.

    ResponderExcluir
  4. Elton estudante de economia, 2 ano6 de julho de 2009 12:07

    Seria bom se o governo diminuisse outros impostos, quem sabe com esse incentivo a mais o povo brasileiro se anima e perda o medo desta crise.

    ResponderExcluir
  5. Paulo Roberto - 4º Ano Ciências Econômicas7 de julho de 2009 11:54

    A montagem ficou excelente!!!
    Agora vamos ao que interessa. A industria automobilistíca brasileira, acumulou records no mes de junho do corrente ano, foram vendidos no mercado nacional um montante de 289 mil novos carros. Somente no ultimo dia do mes de junho foram licenciandos 23 mil veiculos, conforme dados divulgados pelo DENATRAN. Vale a pena lembrar ainda que a redução do IPI foi o fator principal para o crescimento das vendas desse setor. O IPI ainda foi prorrogado para até o final do mês de setembro, aumentado ainda mais o prazo para os consumidores adquirirem bens beneficiados com essa redução. A redução do IPI foi uma decisão extremamente certa e ajudou a recuperar o mercado, fazendo com que o Brasil atingisse o terceiro lugar no ranking dos paises que mais cresceram.

    ResponderExcluir
  6. Regina Berbet Proença 2º Economia7 de julho de 2009 12:36

    Muito interessante esta matéria,pois prova que a redução do IPI tem causado aspectos positivos na venda de veículos no Brasil,já que o país é o terceiro em vendas no mundo.
    Bem nos resta esperar que o governo também reduza outros impostos.

    ResponderExcluir
  7. simoni mendes 2ºano de economia7 de julho de 2009 17:03

    Se o Brasil conseguir baixar outros impostos, não apenas o IPI,quem sabe pode ficar também entre outros países como a Alemanha e a China em outros aspectos.

    ResponderExcluir
  8. Michelle Patricia Mataran, 2º economia9 de julho de 2009 06:05

    Essa iniciativa de reduzir os impostos sobre alguns produtos industrializados deveria ter sido iniciada à alguns meses antes, para que com esssa significativa redução obviamente aumentaria o consumo e certamente a produção se manteria estavel ao contrario do que houve que somente apos as montadoras dispensar inumeros funcionarios foi que houve a redução. Sendo assim não seria mais viavel a recontratação destes funcionarios sobrecarregando as linhas de montagem.

    ResponderExcluir
  9. Alini Aparecida Batista 2º Ano Ciências Econômicas.9 de julho de 2009 08:46

    Isso é muito bom para o nosso país, 3º lugar em vendas de automoveis, atraz apenas de dois grandes Países: China e a Alemanhã... Com a queda do IPI muitas pessoas conseguiram compra seu carro sem aquele monte de impostos, esperamos que melhore ainda mais os impostos absurdos das outras coisas, que tambem são muito altos.

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.