quarta-feira, 25 de março de 2009

UMA NOITE ESPECIAL PARA A FECILCAM

Ontem (24/03/2009) tivemos uma noite muito especial na FECILCAM, por ocasião do lançamento do livro“Memórias dos Movimentos Sociais do Oeste do Paraná: Gernote Kirinus, Adriano van de Ven, Werner Fuchs” de autoria do professor Frank Antonio Mezzomo, do departamento de Ciências Sociais da Instituição.

A obra retrata parte de sua pesquisa de doutorado, refletindo sobre os Movimentos Sociais no Oeste do Paraná e a sua luta pelo direito à terra, com destaque para construção da usina hidrelétrica de Itaipu, contando a realidade e as conseqüências políticas desta época. A história da constituição dos Movimentos Sociais é focada nos relatos de três personagens reais: Gernote Kirinus, Adriano van de Vem e Werner Fuchs.

A primeira personagem, Gernote Kirinus, por acaso, foi meu professor num Curso de Especialização que fiz.

O livro contribuirá sobremaneira, para ajudar a diminuir os preconceitos contra os movimentos sociais, que a cada dia são mais criminalizados pela grande imprensa, pelos partidos conservadores que perderam o poder e querem voltar e até e principalmente pelo novo grande defensor dos poderosos o Presidente do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, o qual saiu escoltado da Sede da Folha de São Paulo, esta semana, aos gritos de nazista , facista e outros elogios mais.
Assisti a cerimômia ao lado do meu amigo Mário de Lima (o popular Mário do PT). Ele estava preocupado com o título da Palestra que seria ministrada depois pelo professor Elpídio Serra, que era "Começo, Meio e Fim do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra". Depois entendemos que o Fim, significava que seria quando houvesse uma Reforma Agrária de fato no país e o Movimento teria cumprido sua missão.
Na cerimônia do lançamento o Diretor da FECILCAM Antonio Carlos Aleixo fez um belíssimo depoimento sobre o professor Frank e dentre outras coisas, usou uma frase de que o referido professor é daquelas pessoas que com três conversas você já sabe a que ele veio. Em pouco tempo de casa mostrou uma vontade de trabalhar e um compromisso muito grande com a Instituição por meio da coordenação do NUPEM – Núcleo de Pesquisa Multidisciplinar.

Eu conheci rapidamente o professor Frank na sala do RH da FECILCAM quando ele estava buscando informações sobre sua contratação e eu fazia um trabalho na Comissão Permanente de Concursos. De lá para cá, passei a ter muita admiração tanto pelo seu trabalho, quanto pela sua pessoa.
Parabéns professor Frank e sucesso na sua vida pessoal e acadêmica.

3 comentários:

  1. Oi professor Maybuk,realmente foi uma noite especial, que além do lançamento do livro do prof.Frank, livro muito bom inclusive, que faz um resgate histórico das lutas do povo no sudoeste do Pr, fomos brindados com uma fala maravilhosa do Prof. Elpídio da UEM, que de uma forma simples e didática nos contou a história do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra e nos fez ver o quanto as lutas sociais neste país são criminalizadas pela imprensa burguesa e golpista.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Tive o prazer de estudar dois ano com Prof. FRANK, além de um baita professor, de carater ilibado, como já disse aqui em outros comentários, com esse rol de professores se especializando a nossa querida FECILCAM, vai longe, isto é ótimo para nós. Parabéns FRANK, sucesso.
    EDILSON AMARO 2/3 ANO ECONOMIA

    ResponderExcluir
  3. simoni mendes 2ºano de economia27 de abril de 2009 10:56

    Realmente foi uma noite muito especial, é um orgulho ter um professor como Frank e outros, tomando iniciativas para escrever livros sobre a região do paraná, isso conta como incentivo não só para professores mestres e sim para nos acadêmicos também. Parabens ao professor Frank.

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.