sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

DISCURSO BELÍSSIMO

Ontem (18/12) fui ao Teatro municipal assistir a entrega dos diplomas dos senhores e senhoras eleitos e eleitas, para os cargos de prefeitos e prefeitas, vereadores e vereadoras, bem como os respectivos suplentes, dos municípios de Campo Mourão, Farol, Janiópolis e Luiziana.
O Teatro estava lotado e os eleitos não tiveram a oportunidade de se pronunciarem, somente membros do Judiciário e do Ministério Público.
O Presidente da OAB de Campo Mourão, Dr Julio Queiroga fez um discurso pedindo união da classe política e apoio para a instalação urgente da segunda vara da justiça federal em Campo Mourão, pois a primeira está sobrecarregada e pode perder municípios deixando um prejuizo mensal de R$ 1 milhão.
O Juiz Dr Rui Antonio Cruz, pediu união aos políticos presentes, lembrou da representatividade que Campo Mourão já teve, com deputados federais, estaduais, secretários de Estado e até suplente de Senador. Deixou claro, também, que embora fosse uma noite de comemoração, que os processos eleitorais e até os criminais fundados e infundados de parte a parte envolvendo a campanha eleitoral, estão correndo na justiça e os culpados serão punidos.
Mas para mim e pelo que ouvi nos corredores do Teatro, o discurso que chamou a atenção foi do jovem Promotor Dr Marcos Porto Soares, que falou de forma contundente sobre a responsabilidade dos eleitos em não decepcionar a população e foi muito duro falando claramente sobre a ditadura militar, as torturas, os exílios e trazendo para o presente, sobre as "maracutaias", os desvios, as perseguições políticas, as políticas inadequadas que permitem o domínio do tráfico de drogas.
Ele pediu encarecidamente aos eleitos e as eleitas que não se deixassem levar pela tentação, mas que se assim o fizessem, poderiam ter certeza de que o Ministério Público não deixaria de atuar para punir os atos ilícitos.
Eu confesso que me arrepiei várias vezes com as palavras do promotor e amigos meus que estavam próximos de mim, também estavam visivelmente impressionados com as palavras dele.
Foi o discurso que silenciou o Teatro, pois era impossível não prestar atenção nas suas palavras.
Eu penso que se fosse possível reproduzir aquele discurso em um CD, este deveria ser ouvido obrigatoriamente e diariamente por todos os detentores de cargos executivos e legislativos e mais, que a geração mais nova, que serão os futuros representantes da sociedade, deveriam já na escola, ouvir o CD e tentar mudar essa realidade quase unânime de mal zelo pelo bem público, e principalmente a falta de compromisso com a população sempre esperançosa de alcançar um futuro melhor.
Parabéns ao diplomados e principalmente ao promotor Dr. Marcos Porto Soares. E viva a democracia.

4 comentários:

  1. Foi mesmo de arrepiar.

    ResponderExcluir
  2. Sem sombras de dúvida foi o discurso mais importante dos últimos tempos em Campo Mourão.

    ResponderExcluir
  3. Valdines Ana Pelisser20 de dezembro de 2008 05:45

    Também tive a oportunidade única de estar presente no teatro no referido dia, e participo da mesma opinião do senhor Maybuk e os demais. A profundidade das palavras do jovem Promotor Dr. Marcos nos remeteu a inúmeras situações vivenciadas em nosso cotidiano, onde o oportunismo impera, e os sonhos que alimentamos de uma sociedade justa e igualitária acaba nos parecendo inatingível. Agradeço o momento onde foi possível sermos representados em nossos sonhos e anseios por justiça pelo senhor Promotor Dr Marcos Porto Soares.

    ResponderExcluir
  4. Realmente o discurso do jovem promotor Dr. Marcos foi exemplar. Foram palavras que nos revigoram o anseio da transformação desta sociedade. Como seria bom se todos os membros do Poder Judiciário fossem imbuídos dos mesmos sentimentos de justiça social presentes no promotor Marcos.

    Anderson

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.