sexta-feira, 26 de setembro de 2008

ÓTIMA NOTÍCIA: DESEMPREGO EM BAIXA, RENDA EM ALTA

Esta semana o IBGE divulgou que o desemprego caiu para 7,6% em agosto, o menor índice da série histórica desde 2002. O aumento da renda foi de 5,7%. Isso mostra que a economia brasileira está em expansão e o clima de otimismo também. CLIQUE AQUI para ver reportagem.

7 comentários:

  1. Odair Domingos Branco1 de outubro de 2008 06:10

    Acho que essa solidariedade deve ser espelhada por comércios, empresas, instituições de nossa cidade, agindo dessa forma, nossa cidade com certeza daria o primeiro passo pra auperar uma crise de pobreza e com certeza iria induzir nossa população a dar as mãos e apoiar o povo que precisa. Acho isso que a FECILCAM faz muito bonito e bastante benéfico para a criação de todo o acadêmico, pois além de solidariedade vem lição de humildade, que é muito importante para se tornar um cidadão de bem.

    ResponderExcluir
  2. O reflexo de melhores condiçoes financeiras do brasil...é percebido através d um mercado xtremamente aquecido...e a muito nao se via tantas pessoas consumindo...

    ResponderExcluir
  3. É animador como o desemprego tem diminuido de um ano para outro. O melhor de tudo é ver a renda do brasileiro aumentando, é mais gente com poder aquisitivo nas mãos, portanto, mais gente comprando e é assim que o dinheiro gira em nossa economia. Agora é só tomar cuidado com a inflação...

    ResponderExcluir
  4. Pelo bom momento em estava a economia... mesmo com a alta do dolar e as especulações que recebemos todos os dias de outros Paises, é bem possível que o outro recorde na baixa do indice de desemprego seja batido antes de dezembro, pois é um mês imbatível devido ao aumento de vagas para trabalhos temporarios.
    A economia brasileira vem mantendo um forte ritmo de atividade. No segundo trimestre do ano, o Produto Interno Bruto (PIB) do país surpreendeu, ao registrar um crescimento de 6,1 por cento em relação ao apurado no mesmo período do ano passado.Pelo que temos analizado nas reportagens na TV e aulas de Microeconomia (divulgado pelo Banco Central) o país encerrará o ano com um crescimento econômico de 5,17 por cento.Outra vitoria foi a queda do desemprego no mês de agosto pois foi mais forte do que o mercado esperava que seria de 8,0 por cento no mês passado, depois de ter atingido 8,1 por cento em julho.Depois de tantas vitorias e conquistas durantes este ano de 2008, desejamos que continue durante o proximo ano de 2009.

    ResponderExcluir
  5. Jhonathan trois 2° Economia14 de outubro de 2008 06:05

    Nosso pais têm tudo para melhorar, e muito importante à diminuição do desemprego e o aumento da renda da população isso só vem a acrescentar pontos positivos para nossa economia e para nosso pais, com o aumento da renda e mais pessoas empregadas maior será o consumo de mercadorias, isso faz com que aumente os investimentos, e nossa economia cresça ainda mais, conseqüentemente gerando mais empregos e aumentando ainda mais a renda. Espero que essas estatísticas venham sempre a melhorar para o desenvolvimento do pais, e também o nosso povo merece.

    ResponderExcluir
  6. concerteza esse é apenas mais uma evidencia da solida economia na qual o pais está cada fez mais chegando perto... aumento da renda da população significa nada mais nada menos que melhor bem estar e qualidade de vida, proporcionados pelo maior poder de compra de cada individuo, gerando maior demanda, maior produçao, exigirá ainda mais mao de obra e assim por diante... que nao fique apenas na utopia.. vamos, atraves das politicas governamentais daqueles q nos representam, buscar sempre o melhor para nosso pais!

    ResponderExcluir
  7. Sandro Scheffer 2º ano de economia16 de outubro de 2008 11:41

    Uma otima noticia saber que o taxa de desemprego caiu, e o aumento de renda do povo brasileiro, isso demostra a estabilidade e crescimento economica que estamos passando neste periodo.Mas não podemos de deixar de salientar, que com essa nova crise financeira no mundo, não deixará de nos afetar, sabemos que vivemos em um mundo globalizado, e qualquer abalo na economia mundial, certamente seremos prejudicados. Espero que o nosso governo esteja preparado para esse momento de crise, que essa noticia de redução na taxa de desemprego não seja apenas índice esquecido no passado.

    ResponderExcluir

LEIA COM ATENÇÃO!

Este espaço é para você fazer o seu comentário sobre a postagem ou mesmo sobre o blog como um todo. Serão publicados todos os comentários a favor ou contra, desde que não contenham textos ofensivos.
Os comentários serão publicados até 24 horas após o envio.

Se você NÃO quiser se identificar, marque o seu perfil como ANÔNIMO e envie. Se você QUISER se identificar, marque o seu perfil como NOME/URL, escreva o seu nome no campo NOME e deixe o URL em branco e envie.